skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
22 abril 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Idosos da CAISA voaram pela primeira vez. Algarve foi o destino

Redação
Sociedade \ terça-feira, maio 23, 2023
© Direitos reservados
Grupo de utentes angariara fundos no inverno de 2020 e realizou esta terça-feira o batismo de voo que estava projetado para abril de 2020, suspenso pela pandemia de covid-19.

O prometido batismo de voo para um grupo de idosos da CAISA, cooperativa multissetorial de animação social na área oeste de Guimarães, tardou três anos, mas não falhou: cada um dos utentes voou esta terça-feira pela primeira vez na vida, entre o Porto e Faro.

“Hoje, dia 23 de maio, realizamos o tão esperado batismo de voo de um grupo de pessoas idosas, numa viagem inesquecível de Porto a Faro. (…) Essa jornada representa muito mais do que apenas um voo. É um símbolo de superação, coragem e dedicação à valorização dos idosos na nossa sociedade. A CAISA está comprometida em oferecer experiências significativas e enriquecedoras, promovendo a autonomia e a qualidade de vida dos idosos”, lê-se no comunicado emitido pela cooperativa.

A visita a Faro foi o corolário de um projeto iniciado em 2019, pelo grupo de estimulação cognitiva do CECA - Centro de Estimulação Cognitiva e Autonomia, uma das iniciativas tuteladas pela CAISA. Ao promover a tradição cultural do Cantar dos Reis pelo território oeste de Guimarães no arranque de 2020, esse grupo também decidiu angariar fundos para tornar possível o tão aguardado batismo de voo das pessoas idosas. A viagem estava marcada para abril de 2020, mas a pandemia de covid-19 suspendeu-a… até agora.

 

Grupo de utentes da CAISA junto à estátua de D. Afonso III, em Faro

Grupo de utentes da CAISA junto à estátua de D. Afonso III, em Faro

 

“Voar para novos horizontes”

Grata ao Gabinete de Apoio ao Idoso do Município de Faro, por ter proporcionado transporte gratuito e visitas guiadas à cidade de Faro e aos seus museus, a CAISA realça que a história daquele grupo de utentes é uma “história de solidariedade e resiliência”. “Juntos, podemos inspirar e fortalecer a nossa comunidade, valorizando cada indivíduo, independentemente da idade. Unidos pela amizade, estamos a voar para novos horizontes”, reitera a cooperativa.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: