skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Hospital veterinário a nascer “não só para Guimarães, mas para a região”

Bruno José Ferreira
Sociedade \ quarta-feira, maio 29, 2024
© Direitos reservados
Iniciativa privada, o Hospital Veterinário de Guimarães vem “colmatar uma lacuna no concelho”. Alia a oferta hospitalar ao bem-estar animal, estando a abertura prevista para o último trimestre do ano.

De uma forma simbólica, num edifício já com a estrutura exterior alicerçada, teve lugar esta quarta-feira o lançamento da primeira pedra do Hospital Veterinário de Guimarães, um investimento privado que vai “colmatar uma lacuna” existente no concelho, mas que vai servir “não só Guimarães, mas a região”. Foi essa a convicção demonstrada pelos promotores deste projeto, a empresa de construção Garcia Garcia, que pretende inaugurar esta valência em Creixomil – junto à variante de ligação a Silvares – no último trimestre do ano.

Inês Garcia, gestora do projeto juntamente com a prima Ana Garcia, fez a apresentação do Hospital Veterinário de Guimarães, que “vai funcionar 24 horas por dia todos os dias do ano” com várias valências disponíveis, não só de tratamento, mas também de bem-estar.

Na ótica da veterinária este empreendimento vai, então, “colmatar uma lacuna”, sendo que nos mais de 4 mil metros quadrados de área do Hospital Veterinário de Guimarães existirão diversas valências, tais como dois blocos operatórios, duas salas de exames complementares e de diagnóstico, entre outras, para corresponder aos cinco serviços do hospital: clínica geral, especialidades, serviço de imagiologia, cirurgia e serviços complementares.

Para lá da vertente hospitalar, este espaço terá também um conceito Playcare e hotel, uma novidade divulgada esta quarta-feira, contemplando serviços como hotel/creche, daycare, grooming/estética e educação canina. Miguel Garcia, gestor da empresa de construção, frisou a “questão pessoal” inerente a este projeto, realçando que vai servir “não só Guimarães, mas a região”.

Presente na cerimónia, Domingos Bragança elogiou, considerando este hospital “um projeto claramente diferenciador que se pretende que seja uma referência”. O presidente da Câmara Municipal de Guimarães aludiu que se trata de um “hospital veterinário de grande dimensão com todos os meios de diagnóstico e de tratamento, mas também a vertente educativa e de bem-estar animal e a valência de hotel”.

Na sua intervenção o edil sugeriu mesmo que esta valência privada deve trabalhar em articulação com a vertente pública, sugerindo o “estabelecer de protocolos” com o município de forma a melhorar a resposta global nesta área animal. “Temos de cruzar este hospital com a vertente pública, proporcionar complementaridade dentro do que é possível”, disse.

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73