skipToMain
ASSINAR
LOJA ONLINE
SIGA-NOS
Guimarães
15 junho 2024
tempo
18˚C
Nuvens dispersas
Min: 17
Max: 19
20,376 km/h

Diogo Novais Pereira: Chefe do Ano 2024 é vimaranense

Redação
Sociedade \ quinta-feira, maio 23, 2024
© Direitos reservados
Depois de António Freitas ser segundo no ano passado, volta a ser um vimaranense a seguir as pisadas de António Loureiro, em 2014. Diogo Pereira coroado dois meses após Rui Souza vencer o Masterchef.

O Chefe do Ano 2024 é vimaranense. Diogo Novais Pereira foi o vencedor daquele que é mais antigo concurso português de cozinha profissional, sendo coroado em Lamego na 35.ª edição do concurso.

Chef do Restaurante Porinhos, em Fafe, Diogo Novais Pereira destacou-se esta quarta-feira apresentando o seguinte menu: Sopa de Pescada (Entrada), Canelone de repolho e arroz de forno de cogumelos (Prato Vegetariano), Jardineira de vitela e vazia de vaca (Prato de Carne) e Inspiração de tarte de maçã assada de Alcobaça (Sobremesa).

O percurso de Diogo Novais Pereira começou pelo DOP, no Porto, e também no El Club Allard, em Madrid, dois espaços onde realizou estágios. Assumiu depois a liderança do restaurante Casa Torta, na sua cidade, tendo também trabalhado no restaurante Oficina (Porto) e My Story Hotel Rossio (Lisboa).

“Ganhar este concurso é uma emoção muito grande. Ver o meu trabalho reconhecido é incrível, afinal este era um objetivo pessoal e profissional. Desde que comecei a estudar que acompanhei o concurso e agora chegar a vencedor é inexplicável. Fiz um menu com produtos que adoro e com os quais trabalho diariamente – tudo o que fiz foi tentar respeitá-los ao máximo”, disse Diogo Novais Pereira, citado pela organização do evento.

Entre o júri estava o vimaranense António Loureiro, do restaurante com estrela Michelin ‘A Cozinha’. António Loureiro venceu este prémio precisamente há dez anos, em 2014, e no ano passado António Freitas, também de Guimarães, ficou em segundo lugar.

Recorde-se que em fevereiro Rui Lemos venceu o programa televisivo da RTP Masterchef, destacando-se ao longo de vários meses com a sua cozinha, feito que lhe permite ir estudar para San Sebastián, no País Basco.

Artigos relacionados

Podcast Jornal de Guimarães
Episódio mais recente: O Que Faltava #73